Greatest Hits

Greatest Hits
Tele-jogo, o videogame de uma geração

Greatest Hits

Greatest Hits
Coletânea de sucessos de uma fita Basf

Greatest Hits

Greatest Hits
O Rockeiros Nacionais também envelheceram

Greatest Hits

Greatest Hits
IoIô da Coca-Cola

Os 12 comerciais mais marcantes da TV

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

 

size_810_16_9_vendo-tv

 

Transformar o intervalo da programação televisa em algo atrativo não é uma tarefa fácil. O intervalo entre uma programação ou outra, ou entre um capítulo ou outro, exige criativade por parte das agências de marketing. Que precisam encontrar uma fórmula de fazer com que o telespectador se interesse por aqueles poucos minutos e se sintam atraídos pelo produto oferecido.

 

Aqui no Brasil, não podemos negar, temos grandes especialistas nesta área. Que transformaram pequenos comerciais em grandes hits, alguns, até certo ponto inesquecíveis. Certamente muitos terão outras preferências, mas com muito sacrifício consegui montar meu TOP 12 dos comerciais de TV.

 

Tá certo que a Pepsi nunca pegou no Brasil como nos Estados Unidos. Mas não podemos deixar de ressaltar o brilhante trabalho executado nesse comercial. Vale lembrar que a trilha sonora desse comercial foi gravada pela Rosana Fuego. Aquela mesma que ficou famosa com a música o Amor e o Poder.

 

O Sabor de Vencer

 

Alguns podem até não gostar, mas tenho certeza que vários ficaram tentados a comer pipoca com guaraná com assistiam a esse comercial.

 

Pipoca com Guaraná

 

Os mineiros certamente jamais irão se esquecer desse famoso e peculiar comercial das Lojas Lua de Mel.

 

Lojas Lua de Mel

 

Com pouco recurso técnico esse comercial ficou gravado na memória dos brasileiros por causa do jinglle que grudava na cabeça feito chicletes.

 

Casas Pernambucanas

 

Acreditem se quiser, mas houve um tempo em que comercial de cigarros podiam explorar o que existia, e ainda existe, de mais atrativo: mulheres bonitas, música de qualidade e paisagem deslumbrante. Eu não fumei, mas sem dúvida a Hollywood conseguiu produzir comerciais inesquevíveis.

 

Isto é Hollywood

 

Como esquecer o velhor bordão: “bonita camisa Fernandinho”. Sem dúvida também ficou gravado na memória de todos os brasileiros.

 

 

Ter uma calça Pool era privilégio de poucos. Outra trilha sonora de arrassar.

 

Jeans Pool

 

O tempo passa, o tempo voa. Até hoje ainda é usado como bordão. Graças aos comerciais da Bamerindus.

 

Poupança Bamerindus

 

Esse com certeza iria cair nas garras da polícia do politicamente correto.

 

Eu tenho você não tem

 

Tendo como trilha a música Baião Barroco, esse comercial da TV Alterosa marcou época, não é atoa que ele acabou abocanhando o Prêmio Aberje de Comunicação de Marketing em 2004. Sem  dúvida, uma obra prima que conseguiu unir o útil ao agradável: música de qualidade e imagens maravilhosas.

 

Muito Mais Minas

 

Mais um comercial das gerais. Esse passou pouco nas tvs aqui de Minas, mas o suficiente para nos encantarmos novamente pela combinação perfeita entre tilha sonora e imagens. Não consegui o comercial, apenas o clip, se não estou enganado ele foi usado pela prefeitura de BH.

 

Lá vem o sol

 

Como não deixar de se lembrar do jargão: existem coisas que o dinheiro não compra, para todas as outras existe Mastercard. Sem dúvida esse também merece figurar na minha lista de preferidos.

 

Mastercard

A magia dos discos de vinil

segunda-feira, 30 de julho de 2012

vinil2

 

O disco de vinil, conhecido simplesmente como vinil, ou ainda Long Play (LP) é uma mídia desenvolvida no final da década de 1940 para a reprodução musical, que usa um material plástico chamado vinil(normalmente feito de cloreto de polivinila, ou PVC), usualmente de cor preta, que registra informações de áudio, as quais podem ser reproduzidas através de um toca-discos. (Wikipédia)

 

Os famosos “bolachões” como eram carinhosamente chamados fizeram a alegria de várias gerações apaixonadas pela música. Era muito comum alguns terem como hobby colecionar discos de vinil, que exigiam certo cuidado, pois se mal armazenados poderiam riscar ou empenar.

 

Certo é que o charme do disco de vinil ainda permanece na memória de muitos saudosistas, como símbolo de uma época de ouro da indústria fonográfica.

 

Alguns DJ’s ainda hoje preferem trabalhar com os discos de vinil, que embora mais difíceis de encontrar, são mais fáceis de operar nas mixagens. Particularmente, como ex DJ, eu prefiro o charme do vinil do que a comodidade das mídias digitais.

 

As Inesquecíveis Músicas Lentas

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A minha primeira profissão no final da década de 80 foi de DJ. Na verdade naquela época nem existia o termo DJ, quem operava o som era chamado de discotecário. Tenho muitas boas lembranças dessa fase que durou até o final da década de 90, mas uma das coisas que mais me chamavam a atenção era as músicas lentas, aquelas pra dançar de rostinho colado, dois pra lá, dois pra cá.

 

Não existia baile que fosse obrigatório tocar pelo menos 1 hora das referidas músicas. Era esta a ocasião esperado pelos homens para convidarem as mulheres pra dançar e quem sabe algo mais…

 

Algumas canções ficaram marcadas durante essa época como obrigatórias, por isso resolvi escolher as 5 mais pedidas na época. É óbvio que é praticamente impossível fazer um lista das melhores sem cometer injustiças, já que os anos 80 e inícios dos 90, foram uma época de ouro das chamadas músicas românticas.

 

 

 

 

 

Refrigerantes antigos oitentistas

quarta-feira, 28 de março de 2012

Reza a lenda oitentista mineira que domingo sem macarrão, frango, refrigerante e Sílvio Santos, não era domingo. De fato tais elementos eram praxe na mesa dos mineiros, pelo menos aqui no interior.

 

O refrigerante era artigo de luxo, que só era possível ser saboreado durante o domingo, mesmo assim para famílias um pouco mais abastadas. Algumas marcas marcaram época e ficaram guardadas somente na memória daqueles que tiveram o privilégio de saborear essas delícias.

 

Graças a +Tatiana Silva, amiga lá do Google+ eu pude relembrar esses momentos marcantes, só acrescentei o Grapette que não estava presente na lista original, mas era muito solicitado nessa época. Viajem aí nesse gostinho de saudade!!!

 

Refrigerantes antigos

O toca fitas Roadstar e o Equalizador Tojo

segunda-feira, 12 de março de 2012

Numa época em que as músicas eram artigo em alta, ter um bom som no carro era primordial. Na afortunada década de 80 um dos itens mais cobiçados pelos proprietários de carro era o afamado toca fitas Roadstar auto reverse. Uma maravilha moderno que aumentava consideravelmente a chance do proprietário do carro fazer sucesso com o público feminino.

 

Os mais afortunados, além do toca fitas Roadstar, instalavam também o equalizador Tojo. Cujo imagem abaixo nos faz ter ideia da simplicidade do recurso, porém extremamente relevante na época.

 

s_MLB_v_F_f_203584354_1873

 

22859_2

Meias Vivarina X Facas Ginsu, a Luta do Século

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Quem não se lembra dos antigos infomerciais que habitavam as tvs brasileiras, tais pérolas era comumente utilizados na extinta TV Manchete no início da década de 90.

 

Os infomerciais são parte da programação de muitas redes de TV aberta no Brasil há pelo menos desde a década de 1990. Produtos como as facas Ginsu, as meias Vivarina, os aparelhos auditivos Sonic 2000 e os travesseiros Countour Pillow tiveram durante anos suas propagandas exibidas através dos infomerciais do Grupo Imagem, especialmente os que eram exibidos na extinta Rede Manchete. A propaganda enfatizava o número (011) 1406, que depois seria mencionado na música 1406 dos Mamonas Assassinas.

Hoje o próprio Grupo Imagem foi extinto. O vácuo foi preenchido pela Polishop, pelo Shoptime e, mais recentemente, pelo Best Shop TV. RedeTV!, Gazeta, Bandeirantes e CNT são algumas das redes abertas que exibem infomerciais. No mercado da TV por assinatura, diversas redes exibem infomerciais com canais inteiros dedicados ao segmento. [Wikipédia]

 

Dos comerciais que habitavam o dia a dia dos telespectadores, sem sombra de dúvidas os mais marcantes foram os das famosas Meias Vivarina e das Facas Ginsu.

 

Meias Vivarina -  as referidas meias possuíam como característica principal o fato de nunca desfiarem. Veja você mesmo o comercial e se segure na cadeira pra cair de tanto rir.

 

 

Facas Ginsu – O He-man ia morrer de inveja por não possuir uma dessas no lugar de sua famosa espada. As facas Ginsu cortava tudo e nunca perdia o corte.

 

 
Não podemos negar que uma dúvida sempre fez parte do imaginário dos que presenciaram ambos os comerciais. Será que as facas Ginsu são capazes de furar as meias Vivarina? Seria um bom teste pra ambos. Corre por aí uma lenda de que as facas Ginsu despedaçaram as meias Vivarina e depois se cortaram até a extinção definitiva.